Chapa 1 vence eleição no Sindipetro-NF com 65% dos votos

Sábado, 20 Maio 2017 15:31

Encerrada há pouco a apuração das eleições para o mandato 2017-2020 da Diretoria e do Conselho Fiscal do Sindipetro-NF (Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense). A Chapa 1- Democracia e Luta - foi a vencedora, com 3.511 votos (64,78%). A Chapa 2 - Chapa da categoria - Vamos mudar o Sindipetro-NF - obteve 1.907 votos (35,18%). Foram totais de 5565 votos, com brancos, nulos e em separado.

Ainda no meio da tarde, durante o processo de apuração, a Imprensa do NF ouviu alguns dos principais personagens da eleição: os candidatos à coordenação pelas duas chapas em disputa, Tezeu Bezerra e Ana Paula Aramuni, o atual coordenador geral do sindicato, Marcos Breda, o presidente da Junta Eleitoral, Marcelo Abrahão, o assessor jurídico da Junta, Carlos Eduardo Pimenta, e o coordenador geral da FUP e também diretor do Sindipetro-NF, José Maria Rangel.

Todos destacaram a tranquilidade das eleições e da apuração, ainda que com as tensões normais de uma disputa, e lembraram o papel estratégico do Sindipetro-NF no movimento sindical brasileiro.

Confira os depoimentos:

Marcelo Abrahão, presidente da Junta Eleitoral

"A eleição do Sindipetro-NF é uma eleição complexa, longa, de 21 dias, envolvendo mais de 11 mil aptos a votar. As eleições aqui sempre primaram pela transparência, pelo acesso das informações às chapas, e a apuração com toda a mídia do Sindipetro-NF transmitindo. É fundamental que no final desse processo o Sindipetro-NF continue fortalecido para enfrentar as grandes dificuldades que a gente vai ter pela frente. Cada uma eleição é diferente, é um aprendizado, uma aula de democracia, uma das mais democráticas que a gente tem conhecimento na área do petróleo. Há espaço para todas as correntes, desde a eleição na junta até a apuração dos votos. "

Carlos Eduardo Pimenta, assessor jurídico da Junta Eleitoral

"O processo eleitoral do Sindipetro-NF é maior do que o de muitos municípios, com um colégio eleitoral de mais de 11 mil votantes. Qualquer resultado que vier daqui é de como a categoria entende a importância de um sindicato forte, como ela aprova e como dá embasamento à nova diretoria para o triênio 2017-2020. Como é um processo eleitoral que têm um posicionamento político muito contraditório e controverso, os choques são normais em todo o procedimento. Até agora a gente não tem maiores percalços além do esperado. Todo o procedimento de apuração está sendo tranquilo, como foi a própria eleição."

Marcos Breda, coordenador geral do Sindipetro-NF

"Esse processo eleitoral é motivo de muito orgulho para o Sindipetro-NF. Aliás, sempre foi. O processo eleitoral do Sindipetro-NF é extremamente transparente, a gente tem uma participação muito forte da categoria petroleira. Esse ano especificamente nós tivemos uma questão em relação ao quorum, que só foi atingido no último dia, mas têm motivos para isso, que foram os PIDVs e transferências que houveram aqui na região, que impuseram essa situação. Mas felizmente nós fechamos o quorum e evitamos que o sindicato ficasse paralisado mais um tempo nesse cenário tão agressivo que nós temos contra os trabalhadores. Eu entendo que o processo fortifica a entidade, mostra para a categoria o quanto nós podemos avançar nesse período de 2017-20, referendando uma diretoria com a marca da categoria votando nela. Temos um desafio grande. Essa próxima diretoria vai ter que enfrentar todos esses ataques que estão acontecendo depois do golpe que aconteceu no País, essa é a grande questão que está colocada, como que nós vamos resistir e reagir a esse golpe, esse é o grande desafio da diretoria que está entrando. É um momento importante para o Sindipetro-NF enquanto democracia e um momento em que a categoria, quando vai votar, se interessa de alguma forma pelas questões do sindicato, é incentivada a isso quando há o exercício do voto. Cinco mil e seiscentos eleitores, é um número que muitos municípios não têm. Então eu fico muito orgulhoso, não é uma construção minha, é uma construção do Sindipetro-NF."

Tezeu Bezerra, candidato a coordenador pela Chapa 1

"O processo se deu de forma muito tranquila. Os últimos dias foram exaustivos, agente acordava muito cedo, para ir para o aeroporto, acompanhar, e à noite fazia reunião de avaliação. A gente conseguiu manter em todas as bases uma normalidade muito grande no processo. Houve requerimentos de uma chapa e de outra, o que são normais. O momento em que a gente está vivendo vai exigir da próxima diretoria do sindicato uma postura muito firme, como já tem exigido dessa diretoria. Esses novos atos que aconteceram na conjuntura nacional colocaram em suspeição os processos de venda dos ativos que estão acontecendo na Petrobrás, privatizações, as entregas dos campos, os ativos todos, e a FUP já entrou com um pedido para cancelar tudo. Então vai exigir da próxima diretoria muita garra, muita responsabilidade, muita força. "

Ana Paula Aramuni, candidada a coordenadora pela Chapa 2

"Nesse momento está tudo transcorrendo tranquilamente . A gente está chegando à metade do total de votos, tranquilidade. O Sindipetro-NF, com certeza, é um sindicato que tem uma enorme importância, principalmente na construção da defesa da Petrobrás, do petróleo brasileiro, não só para o petroleiro, mas para o brasileiro como um todo e a gente precisa, com certeza, a partir desse processo eleitoral, engajar na luta e com a confiança da categoria. O mais importante é que a categoria tenha confiança nesse processo eleitoral e no resultado dele."

José Maria Rangel, coordenador geral da FUP

"O processo foi bastante representativo. Quase seis mil filiados votaram, bastante transparente, com divulgação no site, as duas chapas apresentando as suas propostas.A categoria define soberanamente quem vai tocar o sindicato pelos próximos três anos. O NF é o maior sindicato de petróleo da FUP, um dos maiores da América Latina, e obviamente que o resultado das urnas define quais serão as ações que a categoria petroleira vai ter nos próximos períodos, porque todos os sindicatos se espelham muito no nosso, o que o NF faz, o que o NF vai fazer, então daí mais essa importância da eleição do NF."

 

Avalie este item
(0 votos)

 

Sede MacaéMacaé

Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 257 Centro - CEP 27910-330 Telefone: (22) 2765-9550

Sede CamposCampos

Av. 28 de Março, 485 Centro - CEP 28.020-740 Telefone: (22) 2737-4700